Este é um espaço para a reflexão de temas que em algum momento e por alguma razão (do meu contexto pessoal ou da minha prática clinica) se tornaram, usando uma expressão gestáltica, importantes FIGURAS no imenso FUNDO existencial.

Minhas (in)formações

"A imaginação é mais importante que o conhecimento. Conhecimento auxilia por fora, mas só o amor socorre por dentro. Conhecimento vem, mas a sabedoria tarda" (Albert Einstein).

Minhas graduações são em psicologia (UniCEUB - 2002/2007) e em pedagogia (UnB - 1999/2005). 

Iniciei meus estudos em Jung nos últimos dois anos da faculdade de psicologia, quando percebi que, dentre as várias possibilidades que se descortinaram diante de meus olhos atentos e interrogativos, era a visão de mundo, de homem, de desequilíbrio e saúde proposta pela psicologia analítica que me "aquietava" a alma. O convite feito pela psicologia junguiana para adentrar os mistérios da existência humana numa perspectiva holista pareceu-me irrecusável.

Iniciei minha formação como analista no Instituto Junguiano de Ensino e Pesquisa IJEP/SP, onde conclui, sob a coordenação do Prof. Waldemar Magaldi, a Pós-Graduação Latu Sensu em Psicologia Junguiana (setembro/2006 a setembro/2008).

Prosseguindo em meus estudos, mergulhei numa jornada de quatro anos com o Prof. Moacir Rodrigues e conclui a Formação em Psicoterapia Profunda do Instituto Aion de Psicologia Profunda e Psicoterapia Junguiana - DF (agosto/2008 a julho/2012). Moacir foi meu analista-didata e ao longo do período de formação e de análise com ele muitas chaves foram forjadas, muitas portas abertas e muitos (in)cômodos iluminados.

Dentre os vários aprendizados que tive nos últimos anos de dedicação ao universo da psicoterapia de base junguiana cultivo um em especial: a certeza de que minha formação está em processo e de que jamais terá fim. Minha jornada de crescimento pessoal e profissional é, sem dúvida, um projeto para uma vida.

Em paralelo a estas duas formações maiores participei e participo, sempre que possível, de cursos mais breves em outras abordagens (Gestalt, Psicodrama, Psicanálise) e em temas específicos que me interessam e que sinto que podem ampliar minha visão e prática.  E prossigo, de tempos em tempos, fazendo minha própria análise, pois para algumas abordagens, como a junguiana, aquele ditado "em casa de ferreiro, espeto de pau" é amplamente desencorajado. Para Jung "conhecer a sua própria escuridão é o melhor método para lidar com as trevas das outras pessoas". Sigo, portanto, em busca do anseio maior de minha alma: "Conhece-te a ti mesmo".  Acredito, assim como defende toda psicologia que considera o inconsciente, que esse é o legítimo caminho que um terapeuta deve trilhar para ser capaz de estabelecer uma relação empática e verdadeira com outro ser humano. Como afirma Jung, nenhum psicólogo pode levar seu paciente a lugares em que nunca esteve. O inconsciente é um "labirinto" e acredito que o profissional que trabalha com a alma deve corajosamente perscrutar o seu próprio universo interior.

Seguindo minha trajetória, senti em 2013 o desejo de me aprofundar em mais duas perspectivas terapêuticas que, a meu ver, dialogam muito bem com minha formação de base junguiana. No início de 2013 iniciei meus estudos com Ternise Castelar Torres na perspectiva Sistêmica Fenomenológica de Bert Hellinger, uma formação de 2 anos que concluí no início de 2015. E em novembro de 2013 iniciei meus estudos na Psicoterapia Corporal de Pierrakos (Core Energetics), uma jornada de 4 anos que findará em julho de 2016. A inserção da visão sistêmica e corporal no meu trabalho reafirmaram a velha ideia de que minha formação continua...

E assim vou seguindo...
 "Eu não sei nada sobre as grandes coisas do mundo, mas sobre as pequenas eu sei menos." (Manoel de Barros)

Paula Queiroz de Medeiros - Psicóloga Clínica (CRP 01-12882) e Analista Junguiana
(61) 99970-6694  /  paulaqmedeiros@gmail.com


2 comentários:

marinatf disse...

Paula, que bom encontra-la na Internet, trazendo tanta coisa boa!!

Grande abraço,

Marina T. Francisco
Psicóloga
Facilitadora Didata de Biodanza

Val Sousa disse...

Olá Paula!
Pesquisando sobre sofrimentos da alma numa visão Juguiana, encontrei seu blog. Que maravilha!
Sou Psicanlista,engatinhando neste universo de aprendizado constante, gosto muito de semear através de palestras e atendimentos individuais. A partir de hoje vou segui-la por aqui na certeza que suas postagens contribuirão e muito com minhas pesquisas e estudos.

Grata,

Psicanalista Val Sousa